Entrar numa “Dupla“

03 de Fevereiro de 2017

Foi destaque no mercado de inverno, pode ser um destaque no clássico: Soares, o novo avançado-centro do FC Porto que, entrando no 4x1x3x2, tem tudo, no estilo e método, para entrar na dupla de ataque portista.

Mais o que jogar ao lado de André Silva, é um nº9 para jogar atrás de André Silva (ou à frente, quando este recuar). O que irá, de certeza, é tirar peso de desgaste de movimentação permanente a André Silva, que tantas vezes se esgota a vir buscar jogo atrás, algo que Soares faz muito bem (na forma como aguenta físico-tecnicamente a bola de costas, dá em apoio curto, gira logo e outra vez para a área). É algo que fará mais sentido passar a ser o brasileiro a fazer (também desde a esquerda, para onde descai para pegar no jogo/bola e depois arrancar para a área). Uma opção que pode retirar algum espaço a Jota (a substituição no Estoril pode já indiciar isso).

Com esta possível dupla de ataque André Silva-Soares, o FC Porto ganha maior fôlego técnico de movimentos e execução. Necessitam, claro, de criar princípios completares de movimentação mas o mais importante está lá: talento puro (táctico e técnico, com físico incorporado).