BECKENBAUER

15 de Junho de 2005

No seu livro de memórias, Beckenbauer intitulou-se como o filho predilecto do destino. Para ele, o futebol não é trabalho. No entender do homem que mudou a face do futebol alemão e ajudou a construir a imagem renovada da geração do pós-guerra, o futebol confundiu-se com a sua própria vida. Umas vezes pedia o som de uma sinfonia de Bethoven, outras as quatro estações de Vivaldi. Como libero, Sua majestade Franz Beckenbauer, pois claro. Física e tecnicamente portentoso, inventou um novo conceito de líbero, distinto do redutor conceito defensivo que lhe fora dado pelo italianos.

Com o Kaiser, e, na mesma época, com o inglês Bobby Moore, o posto de líbero ganhou nova vida. Ironia da história, aquele era um Imperador, Kaiser, nascido em 1943, filho de um funcionário dos correios e morador no bairro operário de Giesing, em Munique, Quando menino, com 11 anos, começou, em 1954, a dar os primeiros toques na bola, nas escolas do Munich 1860, o futebol alemão já começara a desenhar a sua imagem possante. Muitas vezes era comum ver Beckenbauer sair em velocidade da defesa quando a equipa recuperava a posse da bola. Mas, quando não era ele que a transportava nessa manobra, enquanto corria para o meio campo, nunca era lançado, só recebendo os passes, quando parava em zonas mais adiantadas do relvado. Quando a equipa perdia a bola, rapidamente recuperava a posição inicial, regressando, em grande velocidade, para trás da defesa. Ainda agora seria um líbero avançado no tempo, mas que continua até hoje a inspirar os novos donos do lugar no futebol alemão. Traços que exigem grande preparação física, típica dos germânicos, e que puderam continuar a vislumbrar-se nos anos 80/90 em líberos como Forster, Augenthauler, Sammer ou, na parte final da sua carreira, Mathaus.

CARREIRA:

 

 

 

 

 

 

 

EPOCA - CLUBE - JOGOS - GOLOS

1964/'65 Bayern München (WDu2)

1965/'66 Bayern München (WDu1) 33 -4

1966/'67 Bayern München (WDu1) 33- 2

1967/'68 Bayern München (WDu1) 28 -4

1968/'69 Bayern München (WDu1) 33 -2

1969/'70 Bayern München (WDu1) 34 - 6

1970/'71 Bayern München (WDu1) 33 - 3

1971/'72 Bayern München (WDu1) 34- 6

1972/'73 Bayern München (WDu1) 34- 6

1973/'74 Bayern München (WDu1) 34 -5

1974/'75 Bayern München (WDu1) 33 -1

1975/'76 Bayern München (WDu1) 34- 5

1976/'77 Bayern München (WDu1) 33- 3

1977 New York Cosmos (NAm1O) * *

1978 New York Cosmos (NAm1O) * *

1979 New York Cosmos (NAm1O) * *

1980/'81 Hamburger SV (WDu1) 18

1981/'82 Hamburger SV (WDu1) 10

1982 New York Cosmos (NAm1O)

TITULOS

Como jogador:

1 Campeão europeu de selecções (RFA 1972).

1 Campeeão do Mundo (RFA 1974).

1 Vice-campeão do Mundo (RFA, 1966).

3 Taças dos Campeões (Bayern Munich, 1974, 75, 76).

1 Taça Intercontinental (Bayern Munich, 1976).

1 Taça das Taças (Bayern Munich, 1967).

4 Bundesligas (Bayern Munich, 1969, 72, 73, 74).

4 Taças da Alemanha (Bayern Munich, 1966, 67, 69, 71).

1 Liga dos Estados Unidos com o Cosmos de Nueva York 2

BOLAS DE OURO - Melhor jogador europeu do ano (1972 e 1976)

Como treinador: Campeão do Mundo - Alemanha, 1990.