JOSÉ SANFILIPPO

16 de Junho de 2005

Grande figura do SAn LOrenzo, autêntica lenda do futebol argentino, que também passou, nos anos 60, pelo Boca Juniors: "El Nene" Sanfilippo, grande figura do San Lorenzo. Goleador fantástico, com remate de cristal, colocado e em jeito. Foi o herói de toda uma geração, como recorda Osvaldo Soriano numa carta escrita a seu amigo Eduardo Galeano, que este transcreveu em Fútbol, a Sol y Sombra: Fui no outro dia com Sanfilippo ao supermercado Carrefour, onde antes era o campo do San Lorenzo.

De repente, no meio de queijos e filas de chouriços, abre os braços e diz-me, enquanto se cruza uma gorda que empurra um carrinho cheio de latas, bifes e verduras: “só de pensar nos grandes golos que fiz aqui...”. Concentrando, como quem espera um centro, conta: “A baliza era ali”, assinalando as caixas para pagar. “Disse a Capdevilla para me meter a bola aqui, apontando para uma pilha de frascos de maionese. A bola caiu atrás do centrais, saltei para ali onde está o arroz, vês?” Aponta o local e salta para ele como um coelho, “deixei-a pinchar e todo no ar rematei de esquerda”.

Todos olhamos para as caixas, onde estava a baliza há 40 anos, e a todos nos parece que a bola vai entrar no ângulo, mesmo junto onde estavam as pilhas para rádios e os enfeites de natal. Sanfilippo ergue os braços para festejar. Os clientes e funcionários aplaudem e eu, quase que choro. Sanfilippo tinha marcado de novo aquele golo de 1962, só para que eu o pudesse ver.

CARREIRA

  • CLUBES ONDE JOGOU:
  • San Lorenzo de Almagro, 1953 a 1962.
  • Boca Juniors.
  • Bangu.
  • Sport Clube Bahia.
  • Nacional de Montevideo.
  • Banfield.
  • San Lorenzo de Almagro, 1972/73.

TITULOS

  • Campeão argentino com San Lorenzo, 1959.
  • Campeão Metropolitano com San Lorenzo, 1972.
  • Campeão Nacional com San Lorenzo, 1972.
  • 4 vezes melhor marcador da Liga argentina com San Lorenzo, 1958 (28 golos), 1959 (31 golos), 1960 (34 golos) e 1961 (26 golos).
  • Melhor marcador da Copa Libertadores no Boca, 1963 (7 golos).
  • Melhor marcador da Copa América com Argentina, 1959 (5 golos).