LATO

16 de Junho de 2005

Quando hoje, quase trinta anos depois, olhamos para o parlamento polaco e vemos aquele senhor gordo, careca, de fato e gravata, e com uns óculos pequenos a ler um jornal desportivo, poucos adivinharão que ali está o mais famoso jogador polaco de todos os tempos: Grzegor Lato. Depois de encerrar a carreira nos relvados, já com 40 anos feitos, aceitou o insistente convite de Aleksander Kwasniewski, Presidente da Republica polaca e antigo ministro dos desportos, e tornou-se senador da Assembleia Nacional da IIIª Republica da Polónia. As suas competências estão directamente ligadas á comissão do desporto e da cultura física, algo em que Lato pensou durante toda a sua vida. Com ele, pela primeira vez na fase pós-comunista, foi eleito, na sua região, situada no sudoeste polaco, um senador com claras ideias de esquerda. Quando votaram nele, muitos estariam a votar, não só nas suas propostas políticas, mas também, e sobretudo, nos muitos golos que apontou durante a gloriosa década de 70. Grzegorz Lato, o fenómeno do Stal Mielec que conquistaria um lugar de titular, depois do treinador Kazimierz Gorski ter descoberto nele um avançado fabuloso.

Muito rápido, surgindo do nada, sempre em movimento. “Como a minha técnica deixava a desejar, tinha de compensar com a velocidade”, explicava. Foi ele que, imparável, eliminaria a Inglaterra do Mundial 74, em pleno Wembley, ao guiar com o seu futebol supersónico, a selecção polaca a um sensacional empate, 1-1, depois de, em Varsóvia, já ter vencido os homens de Sua Majestade por 2-0. Todo o mundo ficou, então de olhos postos naquela assombrosa selecção da Polónia.

Stal Mielec (Polonia), 1969 a 1980.

Sporting Lokeren

St-Niklaas Waasland (Lokeren de Bélgica), 1980 a 1983.

Atlanta de México. Hamilton Polonia F.C.
TITULOS

CAMPEÃO OLIMPICO 1972.

Melhor marcador Mundial-74 (7 golos).

2 vezes melhor marcador do Campeonato polaco, 1973 (13 golos), 1975 (19 golos).

2 Ligas da Polonia com o Stal Mielec, 1973, 1976

Terceiro lugar nos Mundiais 1974 e 1982.

104 vezes internacional pela Polónia

Era capaz de correr 100 metros em 10,8 segundos.