SIMONSEN

16 de Junho de 2005

Simonsen, o dinamarquês eléctrico era, por sua vez, um jogador em permanente movimento. Veloz, entregava-se a cada jogo como se fosse o último da sua vida. De pequena estura, 1,68 metros, com um centro de gravidade muito baixo, o seu estilo driblador fazia o contraste entre o estilo granítico das equipas das Bundesliga.

Chegado a Monchengladbach em 1972, com apenas 19 anos, os seus primeiros tempos no futebol alemão foram de difícil adaptação. No entanto, quando soltou o seu talento, quase latino, cativou toda a Europa, ao ponto de em 1977, vencer a Bola de Ouro, sendo eleito o melhor jogador europeu do ano. Em 1979, acabou por ceder ás propostas milionárias do Barcelona e, tal como Netzer, também rumou para Espanha.

Foi o unico jogador no mundo a marcar nas finais das três competições europeias. Pelo Borussia, na Taça dos Campeões e Taça UEFA (77 e 75) e pelo Barcelona, na Taça das Taças (83).

CARREIRA

CLUBES ONDE JOGOU:

  • Vejle, 1968 a 1972.
  • Borussia Mönchengladbach, 1972 a 1979
  • Barcelona, 1979 a 1982
  • Charlton Athletic, 1982/83.
  • Vejle, 1983 a 1989.

TITULOS

  • BOLA DE OURO, Melhor jogador europeu do ano 1977.
  • 1 Taça das Taças (Barcelona 1982).
  • 2 Taças UEFA com o Borussia Mönchengladbach, 1975 e 1979.
  • 3 Ligas da Dinamarca no Vejle, 1971, 72 e 84.
  • 3 Bundesligas no Borussia Mönchengladbach, 1975, 76 e 77.
  • 1 SuperTaça da Alemanha 1976.
  • 1 Taçada Dinamarca, Vejle, 1972.
  • 1 Taça de Espanha, Barcelona, 1981.