Há um “Gestor Físico”?

17 de Março de 2017

O Rio Ave tem uma boa ideia de entrada nos jogos mas, muitas vezes, sofre demais para os gerir. Sente-se quando quer controlar o resultado num modo mais de gestão e custa-lhe, então, segurar a bola. Quando o tenta, baixa a sua intensidade de jogo, fica numa zona táctica árida e o adversário cresce. Pensei nisso no jogo com o Moreirense e como sofreu após parecer ter resolvido o jogo no 3-1. Longe disso. Foi quando sofreu mais.

O que falta? Mais do que defesas ou médios para fechar, falta então é um bom avançado para... defender. Isto é, alguém adiantado que saiba segurar a bola por segurar e a esconda, física ou tecnicamente. Neste Rio Ave isso é Yazalde. Aliás, sempre que penso em Yazalde penso logo neste seu exercício morfológico de segurar a bola (mesmo com defesas agarrados a ele). Anda lesionado e é daqueles casos em que brilha pela ausência. Pela falta que faz como avançado de gestão de jogo. Depois, na prática, logo se vê com que sentido.