Isto Não é Lotaria

21 de Novembro de 2016

Aconselho a ir dizer ao António Felipe (com três grandes defesas) ao Evandro ou ao Freire que marcaram exemplarmente os seus penaltys, que isso foi pura lotaria. Pelo contrário, eles provaram que são momentos para enormes competências. Técnicas e mentais. São estes factores que fazem a diferença no desempate por penaltys quando a cabeça é uma metralhadora de emoções. Lotaria (ou sorte) é quando a bola vai ao poste e depois bate nas costas o guarda-redes e entra.

Ao falar tanto na sorte (como até Jorge Simão falou) acaba por se desvalorizar o feito de quem de forma competentemente técnica e fria marcou os penaltys que deram a passagem, junto com as defesas de António Felipe. Nada disso foi por sorte. Como não foi por azar que o Felipe Lopes meteu a bola nas nuvens ou três jogadores do FC Porto falharam todos para o mesmo lado. Esqueçam a tese da lotaria. Ganha quem for mais forte técnica e mentalmente a executar (e defender).