MLS: Luta na Conferência Este

26 de Setembro de 2014

MLS Luta na Conferência Este

 

Continua a luta pelos playoffs, cada vez mais renhida na conferência Este, enquanto na Oeste tudo parece mais ou menos decidido (Seattle já assegurou um lugar) com Seattle, LA Galaxy, Real Salt Lake e FC Dallas praticamente garantidos no post season.

Há que sublinhar um fator importante: existe menos qualidade, e por conseguinte, mais balanço a Este, e isso vê-se não só nos jogos, pela falta de qualidade individual e técnica que faz a diferença no Oeste, mas também olhando à tabela da classificação. O terceiro e quarto classificados do Oeste têm quase os mesmos pontos do DC United, que lidera a conferência rival. Isto já para não falar da diferença pontual que tem para os Sounders (sete, sendo que os alfacinhas têm menos um jogo).

Para o título

MLS Luta na Conferência EsteA liderança do DC United é incerta devido ao equilíbrio entre as três primeiras classificadas da sua conferência, o Sporting Kansas City e os New England Revolution, portanto a luta pelo título da regular season adivinha-se complicada.

Os DC são o clube que menos golos sofreu na conferência Este, e só não o é entre as duas porque os Galaxy que têm menos um (30). Bill Hamid é já considerado o melhor guarda-redes da MLS pela sua consistência e técnica ao serviço de Washington, e naturalmente apontado como o substituto de Tim Howard para o futuro dos Estados Unidos. Ele é uma das maiores figuras do United e uma das grandes razões pelas quais a equipa lidera a conferência.

Olhando para os seus próximos (e últimos) jogos a perspectiva é positiva: defronta duas vezes Chicago (penúltimo classificado), os Montreal Impact (último). Tem ainda uma deslocação a Houston e dois preciosos confrontos em casa, incluindo um decisivo com o Sporting KC.

No segundo lugar, os fãs do Sporting Kansas City quase ficavam doentes com as quatro derrotas consecutivas que os empurraram fora da primeira posição. Mas finalmente os wizards sacudiram a pressão com uma vitória contra o Chivas por 4-0 no passado sábado, o que lhes permite ainda pensar no título apesar do calendário ser difícil: New England Revolution, DC United e Red Bulls são três dos cinco restantes.

São os New England Revolution quem detém o terceiro lugar atualmente, e são também a maior caixa de surpresas da MLS este ano uma vez que a sua consistência funciona para os dois lados... passo a explicar: da 8ª à 12ª jornada ganharam, mas da 13ª à 20ª... perderam todos os jogos. De momento vão com cinco vitórias consecutivas e é arriscado apostar quando vai acabar mais esta sequência. Jermaine Jones chegou a New England em Abril e é já uma peça fundamental para o bom funcionamento do meio-campo, crucial para o assalto ao título.

Na corda bamba

MLS Luta na Conferência EsteJá na luta pelo acesso estão os NY Red Bulls, Columbus Crew, Philadelphia Union Toronto FC e até os Houston Dynamo. Estas cinco equipas (do 4º ao 8º na tabela, respectivamente) estão apenas separadas por seis pontos, portanto está previsto que a experiência de Henry tenha de sobressair para ajudar os Red Bulls. Eles que conseguiram uma excelente vitória na passada quinta-feira, capaz de lhes dar exatamente o que precisam para se qualificarem.

O triunfo foi sobre os seus grandes rivais, os DC United que ficaram a jogar com menos um ainda na primeira parte e tiveram Bill Hamid no seu melhor. A sua exibição foi considerada heróica, mas ingrata, uma vez que Lloyd Sam saltou do banco para dar os três pontos a New York ao cair do pano (90’). Melhor galvanizante para o que resta da regular season não se podia pedir!

Entre as que lutam por um lugar nos primeiros cinco, são os Columbus Crew e a Union (Philadelphia) quem parece melhor, uma vez que os Toronto vão de mal a pior com dois pontos nos últimos seis jogos. Decisivos serão os dois encontros entre os Crew e a Union, que se defrontam duas vezes nas últimas seis jornadas, duas equipas que não têm allstars, que valem pelo coletivo e vão certamente demonstrar quem merece chegar aos playoffs!