Sporar – Refém do golo

23 de Dezembro de 2020




Sporar. Meia época chegou para perceber que o esloveno é um atacante de qualidade. 7 golos na sua época de estreia serviram para fazer parte de uma das escolhas habituais de Rúben Amorim este ano. Não é titular absoluto, sendo ainda assim utilizado de forma bastante rotativa. Apesar da sua estatura e presença física, não o podemos considerar como um puro “9”. Colabora na dinâmica ofensiva, “dá-se ao jogo”, frequentemente com bons pormenores. Apesar de bem enquadrado atualmente na dinâmica dos leões, notou-se nas passadas semanas alguma falta de confiança na hora de finalizar. Tal não se verificou ainda assim, na última jornada, já nos descontos, frente ao Farense, desfazendo assim o nulo e permitindo 3 pontos fundamentais para o Sporting. Fê-lo com uma sublime frieza. Todos sabemos que os atacantes, por norma, vivem dos golos, e Sporar não é diferente. Ainda assim, a resiliência evidenciada nas últimas jornadas permitiu que Rúben Amorim o mantivesse sempre como opção, quando a equipa precisa de maior presença na frente, de forma a atrair marcações e descobrir espaços. Descoberta de espaços que o esloveno tão bem executou ainda na época passada, como na Luz, ou em Guimarães. Certamente ainda será figura fulcral para os leões, na luta pelo campeonato.

 

José Pedro Pereira- Cronista Recepção Orientada

Artigos Relacionados