The Best 2020: Os Melhores Entre Os Melhores

22 de Dezembro de 2020




Nos últimos tempos, muito se tem falado sobre o prémio “The Best” 2020 da FIFA. Como se sabe, este prémio visa escolher o melhor entre os melhores de diferentes categorias: melhor jogador do mundo/melhor jogadora do mundo; melhor treinador/melhor treinadora; melhor guarda-redes masculino e feminino e ainda o melhor onze do ano quer masculino quer feminino.

Ora a grande polémica da última semana, foi o facto de Neymar ter ficado fora da corrida ao prémio. A presença de Cristiano Ronaldo e Leonel Messi já é um “clássico” dos últimos anos..., mas a grande novidade do prémio 2020 foi Rober Lewandowski ao integrar o pódio dos 3 melhores pela FIFA. O polonês fez o que muitos não acreditavam ser possível: bateu Cristiano Ronaldo e Messi para vencer o prémio de melhor jogador do mundo.

Recorde-se que esta foi a sua primeira nomeação para o “The Best” da FIFA, é caso para dizer: chegou, viu e venceu. A noite foi marcada por emoções fortes e no feminino a vencedora de melhor jogadora do mundo foi Lucy Bronze batendo Wendie Renard e Pernille Harder. Estes prémios são de facto um estímulo, um reconhecimento para estes profissionais que se dedicam ao futebol. Na categoria de melhor treinador do ano, os vencedores foram: Jurgen Klopp (masculino) e Sarina Wiegman (feminino). Para a FIFA, estes são os melhores treinadores de 2020. Ora se um treinador orienta, decide e comanda, os guarda-redes também têm um papel fundamental nesta modalidade apaixonante. Os melhores do ano nesta categoria: Manuel Neuer (masculino) e Sara Bouhaddi (feminino). Os dotes destes profissionais mereceram particular destaque, pois além de terem conseguido que as suas redes estremecessem menos, foram protagonistas de defesas extraordinárias.

O futebol é um jogo maravilhoso onde muitas vezes as individualidades fazem a diferença, mas para que tudo pareça poesia, são precisos 11 jogadores dentro das quatro linhas. Além de destacar os melhores entre os melhores a nível individual, a FIFA definiu ainda o melhor onze do ano masculino: Alisson Becker; Trent Alexander-Arnold, Van Dijk, Sergio Ramos, Alphonso Davies; Kimmich, Thiago Alcântara, Kevin de Bruyne; Messi, Lewandowski e Ronaldo. Já no feminino o melhor onze foi: Christiane Endler; Lucy Bronze, Wendie Renard, Millie Bright; Delphine Cascarino, Veronica Boquete, Barbara Bonansea, Megan Rapinoe; Pernille Harder, Vivianne Miedema e Tobin Heath.

A cerimónia do prémio “The Best 2020” contou com algumas surpresas, incluído uma homenagem aos índoles Diego Maradona e Paolo Rossi. Apesar de uma cerimónia realizada de uma forma virtual devido à pandemia Covid-19, o presidente Gianni Infantino glorificou os campeões mundiais que partiram este ano “A nossa memória mais emocional, hoje, vai para Diego Armando Maradona e Paolo Rossi. Duas verdadeiras lendas que perderam a vida e geraram grande tristeza para todos. Abraços a todos aqueles que os amaram e que se apaixonaram pelo futebol graças a eles…”

Durante a premiação, também houve destaque para os efeitos da pandemia no futebol, assim como mensagens de jogadores (Ronaldo, Pelé, Marta, Sérgio Ramos entre outros) e uma salva de palmas para todos os profissionais de saúde.

Estes são os melhores do ano!

 

Isa Maio - Cronista Recepção Orientada

 

Artigos Relacionados